jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022

[e-Book] Guia Completo de Termo de Acordo Extrajudicial + Kit de modelos e peças

Baixe agora o Guia de Termo de Acordo Extrajudicial e saiba tudo sobre resolução consensual de conflitos!

Blog do Jusbrasil
Publicado por Blog do Jusbrasil
há 8 meses

Qual é a melhor forma de resolver o problema do seu cliente? Conciliação, mediação, arbitragem e outros métodos de resolução consensual de conflitos são incentivados pelo art. do Código de Processo Civil de 2015 (CPC).

Afinal o congestionamento sistêmico é uma realidade para toda a estrutura de Justiça no Brasil, que até dezembro de 2020 se encontrava com 75,4 milhões de processos em tramitação, segundo o relatório Justiça em Números de 2021.

Mas como saber se essa é a melhor alternativa em cada caso? Baixe agora o Guia Definitivo de Termo de Acordo Extrajudicial e compreenda a fundo as diversas modalidades de resolução consensual.

E MAIS! Acesse KIT de modelos e peças de Acordo Extrajudicial para usar hoje mesmo.

>>>> Clique aqui e baixe o e-Book Guia Definitivo de Termo de Acordo Extrajudicial + Kit de Modelos e peças para usar hoje mesmo

Informações relacionadas

Bruno Rocha, Advogado
Artigoshá 8 meses

Comprei um imóvel e ele apresenta defeitos de construção. O que fazer?

Vinícius Gomes Barros, Advogado
Artigoshá 11 meses

Como fazer um contrato perfeito de compra e venda de imóvel?

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 8 meses

Direito Processual Civil: Manual Completo para estudantes e operadores do direito

Modeloshá 6 anos

Termo de Sessão de Mediação

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 7 meses

Crime de desacato: conheça melhor o art. 331 do código penal — Decreto-lei 2848/40

5 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Interessante para obter maiores conhecimentos, e futuramente possa interagir, com categoria e sapiência dos que fazem parte deste grupo verdadeiramente composto de pessoas estudiosas e capacitadas!!! continuar lendo

Não entendi o qualificativo de "definitivo". O que vier depois não serve?! continuar lendo

Boa tarde José,

Também me chamou atenção o referido vernáculo.

Neste caso, significa dizer: que "define" a matéria de forma completa, pelo menos até o presente momento. Não obstante, muito válida a sua percepção, já que o Direito não trata de temas "absolutos", pela própria característica das ciências humanas. Assim sendo, um artigo "definitivo" hoje, pode não definir corretamente amanha, por mudanças legislativas. O Direito evolui (ainda bem)! Destaco, contudo, o aspecto da "comoriência", tema fundamental no direito das sucessões, o qual possui a chamada: "Presunção Absoluta". Forte Abraço, José e bons estudos. continuar lendo

Recomendo aos colegas que estudem mais marketing digital e marketing JURÍDICO; menos o direito em si... continuar lendo