jusbrasil.com.br
29 de Maio de 2022
    Adicione tópicos

    Impactos da pandemia no segmento jurídico: tendências para 2022

    Confira as principais mudanças que impactaram a atividade jurídica durante a pandemia e as perspectivas para o futuro do direito.

    Blog do Jusbrasil
    Publicado por Blog do Jusbrasil
    há 6 meses

    Em 2020, a Justiça Brasileira viu-se diante de um grande desafio: como criar mecanismos de enfrentamento à pandemia da Covid-19 e possibilitar ao advogado meios para que ele possa exercer a sua profissão?

    A resposta é simples: foi preciso se adaptar aos novos tempos! Isso mesmo. Foi necessário promover a quebra de paradigmas para reduzir as limitações impostas pelo distanciamento social. E sem dúvidas, a tecnologia e a inovação foram aliados nesse momento.

    É o que dizem os dados apresentados pelo Relatório Justiça em Números CNJ 2021. Segundo o levantamento, o Poder Judiciário Brasileiro implementou nesse período uma série de medidas para garantir a qualidade do trabalho e promover o acesso à justiça à população. Prontamente, o direito conseguiu criar estratégias eficazes para manter os atendimentos, mesmo em meio ao caos político, econômico e social do país.

    Ao mesmo tempo, questões importantes como segurança jurídica, inteligência artificial e análise de dados ganharam destaque. Ou seja, todos os caminhos nos levam a uma Justiça Digital mais democrática e justa.

    Então, como acompanhar o ritmo das transformações e adequar o seu escritório virtual à nova realidade?

    Confira nesse artigo como a pandemia impactou o segmento jurídico, o que mudou nesse período e quais são as perspectivas para o futuro do trabalho.

    Vamos nessa?

    Quais foram os impactos da pandemia no segmento jurídico?

    Os impactos da pandemia no segmento jurídico foram bastante perceptíveis. Sendo assim, enquanto as medidas sanitárias de isolamento social reduziram as conexões físicas, também possibilitaram o surgimento de outras formas de comunicação.

    Em outras palavras, as transformações no direito proporcionaram a inserção da informatização e o aumento da utilização das plataformas digitais, com o objetivo de mitigar os efeitos da crise sanitária.

    Para exemplificar, só no início da pandemia o número de usuários em plataformas de videoconferência cresceu 500%, quando comparado com o período anterior. Ou seja, a demanda por reuniões corporativas via Google Meet, Zoom e Microsoft Teams aumentou vertiginosamente.

    Além disso, a Justiça Brasileira investiu em medidas de enfrentamento ao novo vírus e permitiu que a população continuasse tendo acesso aos serviços, através da:

    • Implementação do Juízo 100% Digital;
    • Atendimentos Online por Meio do Balcão Virtual;
    • Criação da Plataforma do Poder Judiciário;
    • Programa Justiça 4.0.

    Sem dúvidas, algumas dessas mudanças irão afetar de forma mais intensa a rotina e costumes dos advogados, magistrados e defensores. Ademais, cabe dizer que essas transformações podem ocorrer de forma permanente, vencendo os pré-conceitos e burocracias existentes dentro do ambiente do direito.

    Surpreendentemente, estamos vivenciando uma mudança cultural e de comportamento dentro desse segmento. E obviamente, nada mais será como antes.

    >>>> Clique aqui e baixe agora o Kit de Seminários Exclusivos + Materiais e ferramentas para advogar na Era Digital

    Quais foram as ações mais significativas promovidas pelo segmento jurídico durante a pandemia?

    As ações mais significativas promovidas pelo segmento jurídico durante a pandemia foram:

    Suspensão das salas de audiência

    As salas de audiência são essenciais para os profissionais do direito. Esses locais se configuram como espaços de troca sobre assuntos trabalhistas, penais e cíveis, entre outros. No entanto, durante a pandemia houve o fechamento das salas de audiência para a implementação de outro modelo de atuação, de forma remota.

    Trabalho remoto

    Os processos físicos seguirão sem tramitação até o fim do isolamento social, mesmo que seja viabilizado o peticionamento através dos correios ou fax. Ademais, os atos - como citações, penhoras e intimações - realizados fora dos fóruns poderiam colocar em risco à saúde dos funcionários dos correios e oficiais da justiça.

    Sendo assim, o setor jurídico deve fornecer uma série de equipamentos adequados ao trabalho das equipes jurídicas. Ou seja, há uma grande chance dos tribunais e escritórios de advocacia digital ficarem mais informatizados e contarem com o auxílio de ferramentas digitais.

    Digitalização de processos físicos

    A Lei nº 11.419/2006 que regulamenta o processo eletrônico, completou 15 anos. Porém, o Brasil ainda engatinha quando o assunto são processos digitais. Vale salientar que o CNJ recomendou que os tribunais digitalizaram os autos físicos. Contudo, a falta de servidores e investimentos podem dificultar essa tarefa.

    Não podemos negar que a pandemia provocou um impulso nesse sentido, mas ainda é preciso muito para que haja uma completa digitalização da Justiça Brasileira.

    Despachos telepresenciais

    O art. da Lei nº 8.906/94 garante que advogados possuam o direito de ser atendidos por magistrados, independente de haver agendamento ou não. Aliás, esse direito pôde ser exercido durante a pandemia através dos despachos telepresenciais. No entanto, há algumas dificuldades práticas em relação aos despachos virtuais, como acessibilidade e falta de conhecimento dos advogados.

    Sessões de julgamentos virtuais fechadas

    Antes mesmo da pandemia, alguns tribunais de 2º grau e tribunais superiores já realizavam sessões de julgamento virtuais para casos que não comportam sustentação oral. Esses tipos de sessões são secretas e não há impedimento diante da lei.

    Porém, houve uma ampliação dos julgamentos fechados durante a pandemia, sem que seja preciso uma consulta prévia entre ambas as partes. Dessa forma, as sessões de julgamento presenciais se tornarão ainda mais raras.

    Audiências de instruções virtuais

    Embora essa alternativa seja viável, existem algumas dúvidas que devem ser respondidas em relação às audiências de instrução virtuais. Isso porque o ambiente online oferece algumas dificuldades, sobretudo em relação ao depoimento das testemunhas.

    Atendimentos virtuais através de videochamadas

    A comunicação com o cliente faz parte do trabalho do advogado. Contudo, durante a pandemia, esses encontros presenciais se tornaram um risco e muitos escritórios passaram a atender os clientes através de aplicativos de videochamada. Além disso, os atendimentos via telefone também foram intensificados.

    Novos modelos de gestão

    Antes mesmo de sermos atingidos pela pandemia, o direito já vinha buscando novos modelos de negócio e metodologias mais modernas para a gestão jurídica de escritórios. Porém, a crise só mostrou como a área jurídica estava precisando de um estímulo para evoluir mais ainda.

    Por esse motivo, muitos locais passaram a contar com soluções tecnológicas para acompanhar as mudanças trazidas pela pandemia. Além disso, muitos escritórios tiveram de construir equipes mais multidisciplinares e com conhecimentos múltiplos.

    Ademais, a velocidade das informações e digitalização de documentos permitiu uma maior democratização e difusão dos conhecimentos jurídicos. Certamente, isso provocou também uma adaptação do profissional do direito aos novos tempos.

    >>>>Veja 32 conteúdos para aperfeiçoar sua atuação no segmento jurídico hoje mesmo

    Mudança no perfil dos advogados no ambiente jurídico

    É fundamental entender que o mercado do direito mudou. Afinal, ele está mais dinâmico e exigente com seus profissionais. Então, além dos impactos que mencionamos, a pandemia impulsionou também a profissionalização e capacitação dos profissionais de direito.

    Ou seja, nesse novo cenário, não há mais espaço para profissionais com pensamento ultrapassado e que não buscam atualização.

    Portanto, assim como o escritório precisa estar atento às transformações digitais, inovações tecnológicas e novas regras da LGPD, o advogado também precisa se tornar digital. Assim, ele poderá utilizar as novas plataformas a seu favor e contribuir para a melhora da profissão.

    Por esse motivo, é fundamental entender as atualizações do direito digital, questões trabalhistas, automação e novidades na área computacional. Sem dúvidas, esses são conhecimentos importantes para promover uma nova gestão jurídica no seu escritório de advocacia.

    Reflexos futuros da pandemia sobre a justiça brasileira

    O distanciamento social e o lockdown do início da pandemia provocaram mudanças abruptas na atividade jurisdicional. Sendo assim, os atendimentos foram suspensos, processos paralisados, além de sessões e audiências canceladas.

    Porém, como já foi dito, a Justiça Brasileira criou uma série de medidas para enfrentar esse momento turbulento. E embora os tribunais não tenham reagido de imediato, foi possível inserir práticas inovadoras para realizar um atendimento ao público de forma virtual.

    Inegavelmente, algumas mudanças seguirão permanentes, mesmo após o fim da pandemia do coronavírus. A propósito, identificamos alguns impactos significativos, como:

    O fim dos processos físicos

    A pandemia foi apenas o estopim para transformações importantes no judiciário brasileiro. Aliás, o fim dos processos em papel foi uma dessas mudanças.

    Sendo assim, o que ainda não foi digitalizado, será com o tempo. Afinal de contas, os profissionais já estão se habituando ao trabalho remoto e com o tempo, irão exigir a implementação dessa medida.

    A inovação no “despacho auricular”

    A era digital também trouxe novidades no que tange ao despacho auricular. Agora, o advogado poderá inovar com peças visualmente interessantes e vídeos explicativos, além de realizar contatos virtuais e telefônicos com assessores e serventuários.

    Menos investimento em estrutura física e mais investimento em tecnologia

    Desde o início da pandemia, profissionais do direito passaram a utilizar salas virtuais como uma forma de reduzir as barreiras impostas pelo isolamento social. Essa medida não só proporcionou uma redução de custos, como também nos colocou numa política de readequação de espaços físicos para o online.

    Declínio da prova testemunhal

    Estamos cercados por aparatos tecnológicos úteis para o dia a dia, como os celulares e computadores. Porém, essas tecnologias são utilizadas não só para facilitar o nosso dia a dia, como também se constituem como poderosas ferramentas de provas testemunhais.

    Ora, se um celular é capaz de registrar imagens, vídeos e até mesmo áudios, então eles servem de provas em audiências. Sendo assim, esse método vem se tornando mais popular e a prova testemunhal vem naturalmente sendo substituída pela tecnologia.

    Ampliação de julgamentos em salas virtuais fechadas

    Sessões públicas e presenciais de julgamento podem se restringir apenas aos casos em que uma das partes solicitou sustentação oral. Ou seja, as salas virtuais e físicas podem ser fechadas.

    >>>>Fique por dentro das inovações e tendências do mundo jurídico para 2022

    Quais são as inovações e tendências para o mercado jurídico em 2022?

    As inovações e tendências para o mercado jurídico em 2022 são:

    Tendência #1 Cibersegurança

    Sem dúvidas, a segurança da informação é um dos focos principais das empresas do mundo jurídico que desejam se precaver contra cybercrimes. Porém, esse movimento não teve início do nada. O Brasil é um dos principais países alvos de ataques cibernéticos da América Latina, por conta da fragilidade dos softwares jurídicos e outros sistemas para escritórios de advocacia.

    Além disso, em novembro de 2020, mais de 1,2 sistemas do STJ foram hackeados e criptografados por criminosos virtuais. Essa situação provocou um impacto sem precedentes e abalou as estruturas não só do Superior Tribunal Federal, como também dos escritórios de advocacia.

    Aliás, já podemos perceber um número crescente de escritórios preocupados em implementar regulamentações de privacidade, intensificando a pauta da segurança de dados.

    E a LGPD, instituída através da Lei nº 13.709, está aí para provar que medidas protetivas já estão sendo tomadas. Porém, o Brasil ainda precisa avançar no quesito cibersegurança e criar protocolos de proteção digital que sejam mais rigorosos, para assim mitigar qualquer tentativa de violação de dados jurídicos.

    >>>> Clique aqui e baixe agora o Kit Completo Tudo sobre LGPD

    Tendência #2 Inteligência Artificial aplicada ao direito

    Outra tendência que vai continuar ganhando força no setor jurídico são as plataformas de Inteligência Artificial. Isso porque essa tecnologia visa melhorar a produtividade, o cumprimento dos prazos e a eficiência da atuação em escritórios de advocacia.

    Sendo assim, profissionais podem reduzir o tempo gasto em tarefas administrativas e no gerenciamento de documentos e contratos através das plataformas de inteligência. Sem dúvidas, um ganho e tanto para o advogado online.

    Tendência #3 Relatórios e análise de dados

    A análise de dados jurídicos e geração de relatórios é crucial para todo negócio que deseja criar metas palpáveis. Por esse motivo, vale a pena investir em ferramentas que forneçam informações otimizadas, KPIs (Indicadores de performance) e análises completas sobre o escritório.

    Certamente essa estratégia digital irá te ajudar a alcançar os objetivos do escritório e modificar as práticas internas. Aliás, você ainda terá uma visão do que vem dando certo ou não no seu relacionamento com o cliente.

    Tendência #4 Automação do fluxo de trabalho

    A automação de processos é uma tendência que veio para potencializar as atividades diárias do advogado, sobretudo durante a pandemia. Para exemplificar, existiram 25 milhões de processos tramitando na Justiça Brasileira só em 2020. Certamente, todo esse fluxo só pôde ser contabilizado por conta da informatização e da digitalização através de ferramentas digitais.

    Ou seja, os sistemas para escritórios de advocacia auxiliam na rotina do profissional do direito e tornam o trabalho da sua equipe mais prático e ágil. Sem dúvidas, esse é um dos benefícios de quem assina a tecnologia do Jusbrasil PRO. Confira!

    >>>>Conheça os benefícios em assinar o Jusbrasil PRO para escritórios de advocacia

    Tecnologia no direito: conheça a contribuição do Jusbrasil PRO para o segmento jurídico

    O Jusbrasil PRO contribui para o exercício da atividade jurídica de forma plena e justa e é ideal para o advogado que deseja reduzir o tempo gasto em atividades burocráticas. Afinal, essa tecnologia de ponta proporciona mais autonomia ao profissional do direito, que precisa de uma rotina mais otimizada, sobretudo em tempos de pandemia.

    Sabe-se que o advogado online é aquele que utiliza a tecnologia como facilitadora do seu trabalho. É no dia a dia que ele precisa lidar com clientes, com processos e atividades relacionadas à gestão jurídica. Enfim, são tantas demandas que é quase impossível conseguir lidar com tudo sozinho, não é mesmo?

    E é nesse contexto que o Jusbrasil PRO ganha mais importância. A tecnologia visa descomplicar as tarefas diárias dos advogados, melhorar a produtividade e auxiliar no controle do tempo. E nada melhor do que contar com uma ferramenta de pesquisa jurídica eficiente e segura!

    Por isso, confira as possibilidades que você encontrará ao assinar o Jusbrasil PRO!

    Jusbrasil PRO com foco Pesquisa de jurisprudência

    A pesquisa jurisprudencial é uma das atividades mais comuns para profissionais do direito. No entanto, nem sempre é possível encontrar informação de qualidade na internet e geralmente perde-se muito tempo selecionando o que pode ser usado ou não.

    Então, ao assinar o plano de pesquisa de jurisprudência do Jusbrasil PRO, o advogado pode ficar despreocupado em relação ao que ele encontrará nas suas pesquisas. Isso porque, a tecnologia reúne informações seguras de tribunais de todo o país.

    Ou seja, você poderá encontrar mais de 40 milhões de ementas pré-formatadas e prontas para serem usadas nas suas argumentações jurídicas. O que significa que você terá mais tempo para outras atividades importantes no escritório do futuro.

    Jusbrasil PRO com foco Acompanhamento Processual

    Você precisa realizar o acompanhamento processual dos seus clientes, mas não sabe onde buscar essas informações? Certamente esse é o plano ideal para você e sua equipe!

    Essa tecnologia do Jusbrasil permite que o advogado possa realizar buscas através do número do processo e acompanhar as suas movimentações. O próprio sistema realiza essa função de forma automática, ajudando na otimização do tempo.

    Sendo assim, é possível buscar processos em 350 sistemas de tribunais e mais de 400 Diários Oficiais. E ainda é possível receber alertas no seu e-mail ou celular!

    E lembre-se! Você também pode escolher por um plano que abranja as duas funcionalidades.

    >>>>Torne o dia a dia da sua equipe mais simples e prático com os planos do Jusbrasil PRO!

    Escrito por

    Liz Santana

    Informações relacionadas

    Rafael Costa, Advogado
    Artigoshá 5 anos

    O Jusbrasil pode acabar em 6 meses? Sim, definitivamente

    Daniel Frederighi, Advogado
    Artigoshá 6 meses

    O que fazer em caso de Erro médico?

    Eloisa Spredemann da Cruz, Advogado
    Artigoshá 6 meses

    5 alternativas para aumentar o tempo de contribuição e antecipar a sua aposentadoria

    Jusbrasil, Advogado
    Artigoshá 6 anos

    A história do Jusbrasil... E de sua nova marca

    Julio Martins, Advogado
    Artigoshá 6 meses

    O que recebo como viúva e como divorciada? 100%, 50%, 25%? Meação, herança, concorrência?

    5 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Nao sou advogado, fiz uma assinatura por acidente, no dia 04 de outubro de 2021. quero fazer o cancelamento dessa assinatura. continuar lendo

    Matéria muito bem explicada. Não consegui baixar o acompanhamento processual (gratuíto) podem encaminhar pelo email (MLMACHADOFILHO@GMAIL.COM) ? continuar lendo

    Olá, Milton! A planilha foi enviada para seu e-mail. Abs continuar lendo

    Parabéns! Excelente exposição, material rico em tão necessárias informações, decerto que nos leva a reflexões/estudos, e, por conseguinte, nos adequarmos aos novos padrões no exercício da advocacia, assim matéria utilíssima! E aproveitamos para desejar a toda a Equipe do Jusbrasil, assim como aos colegas que, apesar de dois anos 2020/2021, muito difíceis, precisamos ansiar por um 2022 de recuperações, e isto passa pela necessidade imperiosa de nos adaptarmos aos novos tempos e formas de vida, de ordem profissional, social, familiar, etc; continuar lendo

    Olá bom tarde continuar lendo