jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022

Inteligência artificial e atendimento humanizado é possível! Veja como

O melhor dos dois mundos. Confira como a inteligência artificial e o atendimento humanizado podem coexistir no setor jurídico!

Blog do Jusbrasil
Publicado por Blog do Jusbrasil
há 4 meses

À medida que a tecnologia é implementada no mundo jurídico, o debate acerca da ameaça ao atendimento humanizado se torna cada vez mais presente.

Segundo o Relatório Justiça em Números CNJ 2021, durante a pandemia do Covid-19 houve a implementação do Juízo 100% digital, da Justiça 4.0 e outras ferramentas tecnológicas que auxiliam no exercício do direito e alcance da justiça.

De fato, diante de uma situação de calamidade pública, o Direito precisou ser adaptado à realidade. A esse respeito, a disrupção tecnológica trouxe mais segurança de informação e celeridade processual, além de reduzir os custos.

Certamente, a tecnologia está melhorando a atuação do advogado na era digital. No entanto, existe resistência por parte de alguns consumidores em relação ao uso da tecnologia em atendimentos.

É nesse sentido que surge o questionamento: é possível implementar inteligência artificial sem perder o atendimento humanizado e personalizado ao cliente?

Pensando nisso, preparamos este artigo para discutir sobre o conceito de inteligência artificial e atendimento humanizado. Em seguida, apresentar os benefícios do uso de inteligência artificial no setor jurídico e demonstrar como a tecnologia pode aprimorar ainda mais a experiência do cliente.

Afinal, o que é Inteligência Artificial?

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia desenvolvida por sistemas de software similar à inteligência humana.

Em outras palavras, a inteligência artificial simula o pensamento e a atividade humana. Ou seja, as máquinas recebem dados e realizam atividades que são tipicamente realizadas pelos seres humanos.

>>>> Clique aqui e assista ao [Webinar] Gestão jurídica de resultado: pessoas, financeiro e tecnologia

E o que é o atendimento humanizado?

O atendimento humanizado objetiva solucionar o problema ou entregar um serviço com base nas necessidades individuais do consumidor. Nesse sentido, busca-se entender as dores do cliente através de uma abordagem empática e centralizada no indivíduo.

A seguir, vamos apresentar os benefícios trazidos pela inteligência artificial, como esta pode ser implementada no seu negócio jurídico e, por fim, demonstrar como a automação e a humanização podem coexistir. Acompanhe!

>>>>Veja também: 32 conteúdos para aperfeiçoar sua atuação tecnológica no segmento jurídico

Benefícios do uso de inteligência artificial no setor jurídico

Certamente, investir em tecnologia jurídica é um grande passo rumo à Advocacia do Futuro. Mas, você sabe quais são os benefícios ao implementar inteligência artificial em seu escritório?

Com efeito, adotar inteligência artificial na prestação de serviços jurídicos permite solucionar de forma mais eficiente dificuldades que afetam os profissionais que trabalham com o direito.

Nesse sentido, essas dificuldades concentram-se desde o longo tempo gasto para consulta e conclusão de processos, até a dificuldade na busca precisa de informações jurídicas.

Pensando nisso, trouxemos algumas vantagens que a implementação da inteligência artificial traz para o seu negócio. São elas:

  • melhora no controle dos prazos dos processos;
  • facilidade na consulta das ações;
  • aprimoramento no gerenciamento e qualidade dos serviços;
  • redução do tempo gasto em tarefas burocráticas;
  • aumento do desempenho;
  • melhora na experiência do cliente;

Dessa forma, a inteligência artificial quando adotada, otimiza o trabalho do operador do direito e proporciona uma experiência mais agradável ao cliente. Mas afinal, como fazer isso na prática?

Veja a seguir como implementar inteligência artificial em seu escritório:

>>> Baixe aqui o [e-Book] Guia Prático de Visual Law + Ferramentas: como transformar suas peças jurídicas

Como implementar inteligência artificial em escritórios de advocacia?

Através de softwares e plataformas digitais, a aplicação da inteligência artificial no setor jurídico se tornou possível. Nesse sentido, em seguida vamos apresentar as tecnologias mais aplicadas no mundo jurídico:

  1. Softwares no auxílio à gestão do escritório
  2. Big Data jurídico
  3. Lawtechs - startups jurídicas

Confira a seguir os benefícios de cada ferramenta digital:

Softwares no auxílio à gestão do escritório

Os softwares jurídicos desenvolvidos a partir da inteligência artificial são ferramentas virtuais que, através da automatização, otimizam o trabalho com o Direito.

De fato, investir em serviços tecnológicos melhora substancialmente a gestão do Direito. Por isso, os softwares jurídicos são extremamente úteis para o advogado, pois promovem a resolução de problemas de gestão do escritório.

A título de ilustração, um exemplo de ferramenta desenvolvida por uma startup jurídica é o escritório de advocacia digital. O Escritório Online da Jusbrasil é uma plataforma de comunicação que permite ao profissional da área do direito utilizar-se de ferramentas para facilitar a gerência dos seus agendamentos.

Essa plataforma, que consiste numa extensão do escritório em rede, também tem como função conectar profissionais entre si e facilitar a busca por advogados que estejam cadastrados no sistema.

Além disso, é possível perceber que a tecnologia encontra-se presente não somente no setor privado. Um exemplo disso é o Processo Judicial Eletrônico (PJe), plataforma desenvolvida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que possui como objetivo a tramitação processual eletrônica e está presente em todos os estados brasileiros.

Dessa forma, ter a tecnologia como aliada é fundamental para inserir seu negócio no Era Digital e obter todas as vantagens do Direito Digital.

Big Data jurídico

O fenômeno do Big Data consiste na profusão de dados gerados diariamente em decorrência da conectividade digital. Mas, como tratar esse volume de dados?

Através de ferramentas tecnológicas, é possível promover organização e identificação de padrões de leitura para transformar os dados em informações valiosas, o que auxilia o trabalho dos profissionais da área do Direito.

Dessa forma, através da ferramenta do Big Data jurídico, os advogados podem ter acesso rápido ao banco de dados organizado e atualizado.

Por isso, a utilização do Big Data jurídico ao alavancar a produtividade, ajuda na tomada de decisões de forma mais rápida e eficiente.

Lawtechs - startups jurídicas

As Lawtechs são startups jurídicas que unem o Direito e Tecnologia para desenvolver ferramentas e soluções aplicáveis ao mercado jurídico.

Certamente, ao investir em startups jurídicas é possível obter diversas vantagens, como o aumento da eficiência, a redução dos custos, e a transparência no serviço.

Nesse sentido, com a automação na gestão de serviços é possível otimizar o tempo gasto em atividades que seriam realizadas de forma manual. Desse modo, a economia de tempo permite que o advogado realize outras tarefas rotineiras.

Além disso, as ferramentas jurídicas podem ampliar o network entre advogados e proporcionar que clientes encontrem representantes para os seus processos.

Para melhor ilustrar, o uso de tecnologia, como exemplo APIs, podem processar um grande número de dados jurídicos, estruturá-los e ajudar no controle de informações processuais, gerando mais assertividade e insights relevantes para o seu escritório.

Portanto, utilizar da tecnologia jurídica como ferramenta de trabalho traz soluções que agilizam e aprimoram o exercício da advocacia.

>>> Clique aqui e baixe o e-Book Termo de Acordo Extrajudicial + modelos

Inteligência artificial x atendimento humanizado: é possível coexistirem?

A tecnologia foi forte aliada na continuidade da prestação de serviços jurídicos durante o período de calamidade pública. De fato, sua implantação traz inúmeros benefícios para o mundo jurídico.

Não obstante, com a aplicação da inteligência artificial no segmento jurídico, existe o receio de que se perca o atendimento humanizado e personalizado ao cliente.

Nesse sentido, é possível utilizar-se da tecnologia jurídica para atender clientes de forma célere sem perder a humanização do atendimento? Ora, a aplicação de inteligência artificial permite desenvolver programas, sistemas ou aplicativos que simulam o raciocínio de um advogado e pode realizar tarefas da rotina de escritórios de advocacia.

Desse modo, através da inteligência artificial, é possível que sistemas analisem grande quantidade de dados e resolvam problemas de forma célere, eficiente e personalizada, o que certamente contribui para uma experiência mais agradável ao consumidor.

Ademais, os dados são fundamentais para tomadas de decisões. Por isso, a tecnologia é uma ferramenta essencial para conhecer o histórico do cliente e oferecer um atendimento mais rápido e personalizado.

A tecnologia também permite uma maior interação com os clientes, seja por meio de canais de telefone ou pelas redes sociais.

Outrossim, com um sistema de gestão de informações, é possível desburocratizar e proporcionar um atendimento mais preciso e descomplicado.

Por isso, utilizar a tecnologia para colher e centralizar informações, além de reduzir o tempo de atendimento ao cliente, proporciona maior qualidade. Com efeito, o foco no cliente e na sua experiência são justamente o que permite que a humanização esteja também presente na automação de serviços jurídicos.

A humanização do atendimento não deixa de existir diante do uso de inteligência artificial, muito pelo contrário. Se esse for um valor do seu escritório e da sua organização a humanização vai perpassar por toda a cadeia do seu negócio, sobretudo, o atendimento.

Conte com a tecnologia para aprimorar o serviço do seu escritório

De fato, é possível alcançar o equilíbrio entre automação e humanização através de ferramentas que permitam o aperfeiçoamento do seu serviço jurídico.

Confira a seguir algumas soluções para aperfeiçoar o trabalho prestado no seu escritório, que vai te ajudar a oferecer a excelência que seu cliente merece!

Jusbrasil PRO: faça uma pesquisa jurídica profunda e otimizada

O Jusbrasil PRO é um serviço por assinatura que permite o aperfeiçoamento de serviços jurídicos de advogados autônomos, escritórios de advocacia e órgãos governamentais com segurança e simplicidade, através do aprofundamento da pesquisa jurídica.

Isso porque, com os planos de assinatura você acessa diversos recursos que contribuem com o aprofundamento na compreensão da lei e jurisprudência, bem como, dos pilares doutrinários que baseiam a legislação brasileira. São eles:

  • O acervo mais completo de Jurisprudência: Reunimos decisões de mais de 560 sistemas de tribunais e pré-formatamos mais de 40 milhões de ementas para você.
  • Peças e Modelos para facilitar o seu dia a dia: Milhares de peças de processos reais e modelos da comunidade disponíveis a partir de uma só busca.cópias ilimitadas de Jurisprudência;
  • Leis, Códigos e Decretos de todo país: Disponibilizamos um acervo amplo e organizado com uma busca precisa para otimizar a sua pesquisa.

Todas essas features são oferecidas no plano de assinatura com foco em pesquisa jurídica e de jurisprudência. Mas você também pode contratar um plano de assinatura que abranja as funcionalidades de pesquisa de jurisprudência e também de acompanhamento processual.

Nos planos de acompanhamento processual, o Jusbrasil PRO percorre, diariamente, mais de 400 Diários Oficiais e 250 sistemas de tribunais e traz as atualizações de cada processo cadastrado. Dessa forma, você é atualizado tanto na plataforma, quanto via e-mail.

>>> Clique aqui e descubra tudo que Jusbrasil PRO pode fazer pelo seu escritório!

Informações relacionadas

Karen Pesenti, Advogado
Artigoshá 4 meses

Direito de morrer e a dignidade da pessoa: Qual o limite da autonomia de vontade no final da vida?

Brener Castro , Advogado
Artigoshá 4 meses

A lei geral de proteção de dados, LGPD, e a burocratização das relações digitais

Matheus Henrique, Estudante de Direito
Artigoshá 4 meses

Impenhorabilidade do Bem de Família

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 4 meses

Como aperfeiçoar seus serviços jurídicos em meio ao Big Data?

Flávio Tartuce, Advogado
Artigoshá 4 meses

Arbitragem e Direito de Família.

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Apesar dos meus já idos 80 primaveras e, pouca frequência de "bancos escolares", sou adepto da tecnologia, mas recentemente tive um problemão junto ao Banco onde tenho conta, que pra resolver a contendo tive que ir "de corpo e alma" até a minha agência bancária (Jundiaí, sp) e, atualmente estou com outro problemão de uma aquisição que fiz via internet. Imagino os senhores advogados, o quanto devem estar sofrendo com isso, nos "fóruns da vida". Se não for bem mais "aperfeiçoado", a fim de facilitar mais a vida de todos, irá apenas complicar mais... continuar lendo