jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022

5 tendências de Business Development para escritórios de advocacia

Confira as principais tendências de desenvolvimento de negócio para contribuir com o crescimento do seu escritório em 2022!

Blog do Jusbrasil
Publicado por Blog do Jusbrasil
há 2 meses

Inovação. Podemos dizer que essa palavra é um dos grandes, se não o maior, fator que interfere diretamente no sucesso de uma empresa hoje no Brasil.

Considerando um mercado cada vez mais competitivo, com milhares de empreendimentos em um mesmo nicho de atuação, aquela empresa que tem inovação seja em sua cultura, seja com uma prática incentivada em seu dia a dia, está no caminho certo para escalar o seu desenvolvimento e se destacar no mercado.

Nesse contexto, é imprescindível destacar que a pandemia no novo coronavírus foi um catalisador no processo de desenvolvimento das empresas no ambiente digital.

No entanto, relatório da LexisNexis feito em 2022 aponta que quase metade de todas as empresas lutam para que os usuários adotem novos comportamentos de consumo.

Apesar disso, em 80% dos casos, nota-se que há pouca ou nenhuma responsabilidade da empresa em levar os usuários a adotar novas tecnologias.

No segmento jurídico não é diferente. A dor da transformação digital ainda é latente, sobretudo diante do contexto pós-pandemia, o qual influenciou diretamente na expansão ainda maior da presença virtual de escritórios em todo o país.

Pensando na importância da inovação digital para o escritório jurídico, elaboramos esse artigo com 5 tendências tendências de business development para escritórios de advocacia em 2022, bem como as possibilidades que elas podem abrir para o seu negócio, segundo especialistas.

Marketing Jurídico

Com o advento da pandemia, muitos escritórios de advocacia se viram obrigados a repensar e pôr em prática a forma como implementam o marketing em suas instituições, de modo mais assertivo e estratégico.

Para esse contexto, a forma mais tradicional de atração de clientes, que era realizada predominantemente por meio da indicação, não é mais suficiente, e é nesse cenário que o marketing jurídico com base em dados emerge como uma forte tendência de business development para escritórios de advocacia.

Agora, considerando toda esta conjuntura de fatos, é imprescindível que todo escritório acione, não mais de forma rasa e amadora, mas de maneira aprofundada e profissional as técnicas de marketing jurídico para impulsionar o seu crescimento.

Nesse sentido, o que vai te diferenciar do mercado é utilizar métricas de negócio e performance para basear suas ações e funcionamento do marketing no seu escritório. É o que podemos entender como Data Marketing.

Para aplicar o data marketing realmente eficiente e que apresenta resultados interessantes, é vital que o escritório esteja plenamente inteirado sobre as tendências do mercado para o segmento.

Conhecer o seu público alvo, sua persona, as principais dores que a afetam bem como as soluções que o seu escritório pode oferecer a ela são estudos que devem ser feitos pela sua equipe de marketing.

Destacamos também o SEO como uma forma de aplicação do data marketing. Grandes empresas do segmento jurídico já tem estruturado o seu marketing buscando um melhor posicionamento em buscas orgânicas nas principais plataformas de busca da internet, como o Google. Dados como localização, variação de palavras chaves, sinônimos e técnicas de posicionamento de conteúdo tem se apresentado imprescindíveis para um melhor posicionamento de escritórios no meio online e deve ser uma prática que tende a se fortalecer em 2022.

>>> Clique aqui e baixe agora gratuitamente a Cartilha de Marketing Jurídico para Escritórios de Advocacia

A queda das barreiras geográficas

Como uma das consequências da pandemia da Covid-19, o modelo de trabalho home office foi extremamente difundido e popularizado, sendo considerado como uma tendência para desenvolvimento de negócios para escritórios de advocacia.

Agora, frente a essa nova cultura remota de trabalho, é possível que um escritório tenha colaboradores do país e, por que não, do mundo inteiro.

As barreiras geográficas, personificadas pelo trabalho presencial que por séculos foi considerado o único modelo de trabalho possível, não são mais um fator limitante, uma vez que, de maneira virtual, podemos esta interagindo com todos nossos stakeholders (clientes, colaboradores, sócios, parceiros comerciais) de maneira mais eficiente e produtiva.

Ademais, nesse novo modelo laboral, não é necessário, e muitas vezes nem recomendado, que estejamos presentes fisicamente em determinados locais para desempenhar as funções que o trabalho exige.

Reuniões matinais, fechamento de contratos, audiências, eventos, cursos e consultas agora podem ser feitas de forma inteiramente online.

Portanto, frente a este novo cenário, há um verdadeiro “oceano azul” de novas possibilidades para os escritórios de advocacia.

Isto posto, novas formas de captação de clientes, oferta de serviços, bem como contratação de profissionais pode, e devem, ser revistas, considerando que agora, mais do que nunca, não há mais limites físicos para o alcance do seu escritório.

O sucesso do Cliente

Outra tendência que tem ganhado cada vez mais força no mercado jurídico é a priorização da [experiência do cliente]( https://peepi.com.br/blog/customer-experience-quando-comecaaexperiencia-do-cliente/#:~:text=Apesar de não existir um,opções de produtos que possuíam.). Agora, frente às inúmeras opções que o consumidor possui ao contratar um prestador de serviço, não somente a qualidade deste é importante, como também todo o caminho que o cliente passa desde o momento que entra em contato com o seu escritório até o momento que tem a sua demanda solucionada.

Sendo assim, a metodologia de sucesso do cliente se torna um grande motor de desenvolvimento de negócios para escritórios de advocacia.

A partir do momento em que a qualidade do serviço prestado não é o único componente que proporciona a satisfação do seu cliente, é imprescindível que todo escritório se atente e se aprimore no que tange às etapas básicas do sucesso do cliente.

Nesse sentido, mapear os pontos de contato com o cliente, compreender e solucionar possíveis pontos de atrito, bem como entender ainda mais sobre o perfil da sua persona e público alvo, analisando todos as etapas, desde a prospecção do cliente até a entrega do seu serviço, é uma excelente maneira de traçar uma boa jornada e experiência do seu cliente.

>>>> Clique aqui e assista nossa Live sobre os 5 hacks de Marketing de atração para advogados

A adoção de métodos de gestão empresariais mais eficientes

Praticamente todas as áreas de prestação de serviço, principalmente no meio jurídico, possuem uma grande competitividade e permeiam por uma árdua caminhada em busca de se destacar frente ao mercado.

Nesse contexto, não há mais espaço para amadorismo no que tange a uma atividade basilar dos escritórios de advocacia: a gestão do seu próprio negócio. Para além de um amplo conhecimento jurídico para apresentar as melhores soluções para o seu cliente, é vital que você também priorize boas práticas de gestão empresarial.

Dentre estas, podemos destacar:

i. Atração e retenção de bons profissionais;

ii. Precificação correta dos seus serviços;

iii. Boa análise de custo de manutenção do escritório;

iv. Boa análise de métricas e resultados para que possa tomar as decisões corretas;

v. Utilizar das melhores tecnologias de busca jurídica para o seu escritório, como por exemplo o Jusbrasil PRO;

vi. Amplo conhecimento sobre a gestão financeira do seu escritório.

Isto posto, fica evidente que a plena gestão estratégica de um escritório de advocacia é composta por várias áreas e para desempenhá-las da melhor forma possível, é imprescindível contar com um time de colaboradores competentes e especializados.

A comunicação jurídica mais inteligente, objetiva e visual.

Para além dos tribunais, o "juridiquês" não é uma linguagem amplamente compreendida pela sociedade. Em muitos casos, para aqueles que necessitam da prestação de serviços de um advogado, utilizar de uma linguagem jurídica mais rebuscada e tradicional é um ponto de atrito que com certeza irá afastá-lo da contratação de seus serviços.

Nesse sentido, guarde a comunicação jurídica mais técnica para diálogos, defesas e sustentações em meios com outros advogados e passe a utilizar uma linguagem mais simples e descomplicada com seus potenciais clientes.

Desenvolver essa habilidade de uma comunicação mais inteligente e assertiva com os diferentes agentes que o advogado se relaciona é uma forte tendência de business development para escritórios de advocacia. Nesse contexto, diversas ferramentas podem auxiliá-lo nesse processo, tais como: linguagem visual, gráficos, linha do tempo, diagramas, entre outras.

Portanto, seguindo a premissa de tornar a sua comunicação mais adequada para o público alvo com quem deseja se conectar, as chances de captar mais clientes para o seu escritório crescerão exponencialmente.

>>>> Clique aqui e baixe nosso Guia completo de Visual Law e Legal Design

Informações relacionadas

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 2 meses

Como elaborar ementas concisas e de fácil compreensão?

Pedro Rafael de Moura Meireles, Advogado
Artigoshá 2 meses

Renúncia - Como o advogado deve renunciar ao processo evitando problemas com o cliente e a OAB.

Blog do Jusbrasil
Artigosmês passado

Background check: tudo que você precisa saber

Pílulas sobre a LGPD [Lei Geral de Proteção de Dados]

Dr Marcelo Lima, Médico do Trabalho
Artigoshá 2 meses

A Síndrome do Pânico na ótica da Perícia Médica Previdenciária

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Já fiz comentário em 16/05/2022 e ainda não li o texto. continuar lendo

Espero que antes da leitura, como é o caso, pois este paper fez isto, seja uma leitura realmente proveitosa. continuar lendo