jusbrasil.com.br
5 de Junho de 2020

[ebook] Guia completo sobre contratação de correspondentes

Entenda de uma vez por todas como funciona a maior plataforma de contratação e gestão de correspondentes do Brasil neste passeio pelo Jurídico Certo.

Blog do Jusbrasil
Publicado por Blog do Jusbrasil
há 3 meses

Em um contexto de mundo globalizado e cada vez mais conectado, podemos perceber a atuação crescente de escritórios de advocacia em níveis regionais, e até mesmo nacionais.

O profissional denominado “correspondente jurídico” é a chave que possibilita esse tipo de atuação. Ele conecta profissionais de todo país e permite uma atuação satisfatória de uma advocacia que extrapola fronteiras.

Trata-se de um advogado que é contratado para prestar uma diligência específica dentro do caso. Sua atuação se dá em uma cidade diversa daquela na qual o contratante está - ou mesmo em alguma região distante com alto custo de deslocamento.

Seu trabalho pode envolver a realização de tarefas simples, até outras mais sofisticadas. Alguns exemplos dessas atividades realizadas por advogados correspondentes são:

  • Retirada de cópias processuais
  • Pedidos presenciais perante às secretarias para perguntar sobre o andamento de casos
  • Sustentações orais
  • Participação em audiências
  • Protocolos diversos

O profissional que atua como correspondente jurídico normalmente tem amplo conhecimento do funcionamento do local onde atua, mas nem sempre é fácil encontrar os melhores profissionais e fazer a gestão de seus serviços.

Com pelo menos dois profissionais jurídicos cadastrados como correspondentes em cada comarca do Brasil, o Jurídico Certo possui a abrangência territorial e as ferramentas de gestão que você precisa.

Nesse ebook, vamos fazer um passeio pela plataforma, e entender a experiência do usuário que utiliza o Jurídico Certo para a contratação de correspondentes jurídicos.

>>> Clique aqui para baixar o "Guia completo sobre contratação de correspondentes"

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

E há quem não aposte em correspondentes...
O negócio é bom, sério, eficaz, mas cabe a cautela de analisar e ponderar quem está contratando quem.
Depois que você acerta na contratação, é só celebrar e manter o vínculo, meu amigo!

Muito bom é também bater o pé e prezar pela observância da Tabela da OAB da sua seccional.
Lembre-se que você é um Advogado e não um office boy diplomado!
Valorize seu talento!

Se eu faço isto!
Você faz de idêntico modo!
Joãozinho faz igual!
O que tentar quebrar estas regras, está fora do jogo!

União nestas questões, é fundamental! continuar lendo

Li o e-book todo!
Muito bom o material e a forma de gestão e possibilidade e reportar maus profissionais e contratantes.
Amei a possibilidade de banimento de profissionais com meras três estrelas de avaliação de forma recorrente.
Vi também que o contratante já diz o preço máximo que está disposto a pagar.
Já alivia um monte de problemas de barganhar preços.
Muito bacana! continuar lendo