jusbrasil.com.br
29 de Maio de 2022

10 habilidades que você vai precisar durante e após a pandemia

Blog do Jusbrasil
Publicado por Blog do Jusbrasil
há 2 anos

Como a maioria dos empreendimentos em todo o mundo, os escritórios de advocacia também estão sentindo na pele os efeitos da pandemia causada pelo novo coronavírus - o COVID-19.

“Não dá mais para ir ao escritório”, “os clientes sumiram” e “os processos paralisaram” são alguns exemplos dos assuntos do momento entre os advogados. Além disso, dúvidas sobre “como advogar em home office” ou “como atender, manter e captar clientes” são temas de várias lives no Instagram afora.

Se não bastassem as próprias incertezas acerca da atuação profissional, as situações causadas pela pandemia estão exigindo soluções ainda não pensadas ou desconhecidas. Aqui no Jusbrasil, por exemplo, você vai encontrar uma planilha com diversas dúvidas jurídicas das pessoas em tempos de pandemia.

A propósito, muitas ainda estão sem respostas.

Como nunca antes na história, você, advogado, precisará de algumas habilidades específicas que podem ser muito úteis durante e após esse período tão incerto.

1 - Positividade

É difícil pensar positivo quando as coisas não vão bem, principalmente quando as camadas mais importantes da nossa vida são afetadas, como o contato com as pessoas - ou a falta dele - e o trabalho.

O coronavírus pegou todos de surpresa e o seu impacto será percebido durante muito tempo ainda. Mas uma coisa é certa: vamos superar, e você precisa acreditar nisso.

2 - Autoconfiança

Ser autoconfiante não significa deixar de sentir medo. O medo existe, principalmente agora em que estamos lidando com algo novo e que está mexendo com a nossa saúde, sociedade e economia.

Autoconfiança é a capacidade de acreditar que você possui todos os recursos necessários para superar qualquer situação e, se não os tiver, que também é capaz de buscá-los ou mesmo desenvolvê-los.

3 - Ter equilíbrio emocional

Apesar dos prazos suspensos, as incertezas do mercado, as cobranças dos clientes por resultados e o próprio fato do seu escritório estar funcionando em casa agora são situações que temos que lidar, de um jeito ou de outro.

Manter o equilíbrio emocional é essencial para que tudo isso não afete o seu comportamento ou o rendimento no trabalho.

Se você precisar de ajuda com isso, existem até plataformas online com foco em saúde emocional.

4 - Demonstrar empatia

A empatia é importante em qualquer ambiente, mas ainda mais essencial nesse momento de pandemia.

Empatia é a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa, de forma que se consiga compreender o próximo a ponto de entender o que ele sente.

Seja na sua relação com seus colaboradores ou na tomada de decisões sobre algum caso específico, a empatia certamente deixará a situação ou o dia mais leve.

5 - Se comunicar bem

Transmitir as ideias de uma forma que se consiga passar para outra pessoa exatamente o que se está querendo dizer é algo desafiador por meio de uma videoconferência.

Por isso, a habilidade de se comunicar bem está sendo tão exigida nesse momento de isolamento social.

E isso inclui também a escrita. Muitas coisas são resolvidas por e-mail ou algum tipo de app de mensagens e, escrevendo de maneira clara e correta, você garante uma boa comunicação.

6 - Ser criativo para resolver problemas

Qualquer advogado está acostumado a resolver problemas, mas pode ser que nesse momento seja necessário uma pitada de criatividade.

Criatividade nada mais é que a capacidade de criar, produzir ou transformar situações, e inovar no modo de agir em cada uma delas.

Problemas nas relações de trabalho, uma quantidade imensa de voos cancelados, a repressão de Direitos absolutos e as próprias incertezas quanto ao escritório fechado e o home office demandam uma aptidão para soluções criativas e eficazes por parte dos advogados.

7 - Ser capaz de se adaptar às mudanças

As novas tecnologias já vinham impactando o mercado jurídico, exigindo dos advogados e escritórios de advocacia uma postura diferente, e é inegável que a pandemia intensificou esse processo de mudanças.

Trabalhos sendo desenvolvidos à distância, processos dando lugar aos acordos e uma tendência enorme de que as relações sejam, de fato, cada vez mais digitais, exigem de todo advogado a habilidade de se adaptar.

8 - Elaborar um bom plano

Criar planos para o seu escritório é tão importante quanto ter uma visão clara sobre os seus objetivos.

Principalmente agora, você deve ter em mente que suas ações precisam sempre ser voltadas para um determinado fim, para que você consiga direcionar seu esforços de maneira mais eficiente, sem perder a essência da sua organização.

O que você pode fazer enquanto está de quarentena? Como se planejar para trabalhar em home office? Quais as previsões e tendências do mercado quando tudo voltar ao normal? O que você vai fazer a respeito? O comportamento dos clientes mudou ou mudará? Quais habilidades você precisará adquirir?

Se planejar não é uma habilidade sua, você precisará desenvolvê-la agora para continuar caminhando rumo aos seus objetivos.

9 - Ser um líder ainda melhor

Mesmo com a possibilidade de trabalhar em home office, a pandemia pegou muitos advogados desprevenidos e que não estão habituados a atuar ou gerenciar o seu escritório de forma remota.

Além disso, toda essa situação trouxe com ela a necessidade de garantir que a sua equipe também está performando bem. Como líder, você precisa ser exemplo para seus colaboradores e motivá-los a pensar de maneira positiva nesse momento.

A habilidade de liderar é essencial para fazer com que o seu escritório continue funcionando, mesmo de portas fechadas, e atravesse esse período de isolamento de maneira sustentável.

10 - Manter o foco em meio aos caos

É fácil perder o foco neste mundo de informações constantes e em ritmo acelerado, e essa quantidade de informações se intensificou agora.

Se não bastasse isso, o dia a dia de trabalho em casa também traz uma lista gigante de distrações que podem desviar o seu foco.

É bom ficar atualizado e informado sobre o que está acontecendo, mas manter o foco naquilo que você precisa fazer e que te trará resultados é uma habilidade a ser desenvolvida agora.

Nesse artigo você vai encontrar algumas dicas para fazer as coisas acontecerem nesse período.

Conclusão

Imagine quais habilidades estão sendo exigidas de empreendedores como Bill Gates e Mark Zuckerberg agora.

A Microsoft, por exemplo, está lutando para manter de pé os servidores de nuvem em razão do aumento de 775% de usuários. O Facebook está batalhando para extirpar fake news e o Google decidiu que não publicará sua tradicional brincadeira de Primeiro de Abril.

Habilidades estão sendo exigidas de advogados também.

São tempos de mudanças...

Informações relacionadas

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 2 anos

Mídias Sociais para Advogados: O Que Fazer e o que Não Fazer

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 6 meses

Calculadora de Honorários Advocatícios: baixe agora gratuitamente

Blog do Jusbrasil
Artigosano passado

Guia Prático de Tecnologia no Direito

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 2 anos

[Infográfico] 5 formas de aplicar Big Data no seu escritório

Aline Pinheiro Advogada Trabalhista, Advogado
Notíciashá 7 anos

Saiba como ganhar a constituição e adquirir outros materiais jurídicos grátis

4 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Sempre bom lembrar dessas habilidades e sua importância. continuar lendo

São aquelas habilidades que todos sabemos que devem ser desenvolvidas, mas que correm o risco de ficar eternamente no bojo de "resoluções de ano novo por fazer" caso não tenham sua importância reiterada de vez em quando

Agradecemos o comentário, @filipeadp! continuar lendo

Muito útil a relação de habilidades necessárias para qualquer profissão. Parabéns! continuar lendo

Excelente texto. De fato, a pandemia trouxe consigo a obrigatoriedade de se reinventar profissionalmente, embora a advocacia já estava em um processo de mudança antes mesmo do covid-19. Contudo, a mudança exigida, principalmente, a necessidade de se reinventar já são requisitos de um profissional vencedor, mesmo que de forma mais lenta em toda profissão (não só na advocacia) de tempos e tempos faz-se necessário se reinventar para que possa manter sua posição e continuar crescendo. Como bem enfatizado no texto, a pandemia somente acelerou um processo, que já era uma realidade... continuar lendo